• Maria Vitória Muniz

Principais restrições ao marketing de clínicas odontológicas


Quando o assunto é o marketing odontológico é comum surgirem algumas dúvidas sobre quais são as regras para esse tipo de divulgação nas redes. O Conselho Federal de Odontologia(CFO) é o órgão responsável por estabelecer e fiscalizar o cumprimento destas regras e deveres dos profissionais da área de odontologia. O Código de Ética do Profissional de Odontologia é o principal meio de consulta para entendermos melhor quais são essas regras.


Antes de falarmos um pouco sobre as restrições, é de extrema importância explicitamos algumas informações que são obrigatórias de ter nesses materiais utilizados para o marketing.


  1. Nome do profissional;

  2. Número de inscrição da pessoa física ou jurídica;

  3. Nome representativo da profissão de cirurgião-dentista, assim como demais especialidades;

  4. No caso de pessoa jurídica, também deve haver o número de inscrição do responsável técnico


Principais restrições


  • Anunciar ou divulgar títulos, qualificações, especialidades que não possua, sem registro no Conselho Federal, ou que não sejam por ele reconhecidas;


  • Divulgar nome, endereço ou qualquer outro elemento que identifique o paciente, a não ser com seu consentimento livre e esclarecido, ou de seu responsável legal, desde que não sejam para fins de autopromoção ou benefício do profissional, ou da entidade prestadora de serviços odontológicos;


  • Participar de programas de comercialização coletiva oferecendo serviços nos veículos de comunicação(é permitida a participação em programas e eventos, desde que o caráter da informação seja unicamente educativo);


  • Divulgar placas, cartazes e logos sem o registro no CRO;


  • Prometer tratamentos sem nenhuma comprovação científica;


  • Divulgar preços e modalidades de pagamento dos procedimentos nos anúncios da clínica, estes devem ser informados diretamente ao paciente, caso solicitado;


  • Não é permitido oferecer tratamentos gratuitos com a intenção de atrair pacientes ou promover o consultório;


  • Usar qualquer veículo de comunicação para dar consultas, diagnósticos ou prescrição de tratamentos;


  • Criticar outros profissionais da odontologia, dizendo que seu método de trabalho é ultrapassado.


Umas das principais restrições ao marketing odontológico são as famosas fotos de antes e depois, muito utilizadas para mostrar a evolução de algum tratamento, a mais recente Resolução CFO 196/2019 permitiu a utilização desse meio de divulgação. Esta resolução esclarece, ainda, que é necessário que em toda publicação, nesse estilo, deve constar o nome do profissional acompanhado de seu CRO , além disso, essa resolução não abrange pessoas jurídicas, as clínicas .


Vale salientar ainda que segundo o artigo 41 do código de ética:

“É vedado aos técnicos em prótese dentária, técnicos em saúde bucal, auxiliares de prótese dentária, bem como aos laboratórios de prótese dentária fazerem anúncios, propagandas ou publicidade dirigida ao público em geral. “

Para os demais profissionais da área de saúde bucal é permitido a divulgação em revistas, jornais, folhetos, entre outros.

A BioTech Consultoria trabalha com marketing para clínicas e consultórios e podemos te ajudar. Entre em contato com os nossos consultores.

12 visualizações

BioTech

CONSULTORIA

Empresa Júnior de Engenharia Biomédica da Universidade Federal de Pernambuco