Nanotecnologia aplicada à Engenharia Biomédica

De acordo com professor doutor Pierre Basmaji, do Instituto de Física de São Carlos (IFSC), da Universidade de São Paulo (USP), na área da saúde e da engenharia biomédica, as nanotecnologias têm como principal objetivo a construção de sistemas idênticos aos que são criados pela natureza. “Desse modo, os biomateriais poderão ser utilizados na conformação de vários componentes biomédicos, como vasos sanguíneos, pele e órgãos artificiais, curativos inteligentes, dispositivos para visão e audição e sistemas de distribuição de medicamentos que podem ser implantados sob a pele”, cita.


Atualmente, as aplicações da nanotecnologia na área biológica se dão por diversas formas, como regeneração tecidual, expansão de células, aprimoração de órteses e próteses, aplicação precisa de fármacos, entre outros.


Por trabalhar com processadores extremamente pequenos, a nanotecnologia tem acesso até às células mais profundas, dificilmente atingíveis por outros meios. E atualmente, é a principal esperança para a cura de doenças, até agora incuráveis, como câncer e Alzheimer.


Isso se dá, pelo fato de a nanociência permitir a aplicação direta de quimioterapia em tumores, atingindo somente a área afetada e protegendo o restante do corpo de químicas desnecessárias que destroem a imunidade do paciente. Um exemplo disso são as nanostars, desenvolvidas pela Northwestern University, que são nano partículas com ouro em formatos de estrelas que levam drogas diretamente ao núcleo da célula cancerígena.


Além disso, a manipulação de DNA podem enfrentar avanços promissores com a ajuda da nanotecnologia na saúde. A ideia é que nano robôs possam examinar sessões de DNA, trabalhar neles e até se movimentar por elas e regenerá-las.


Vale lembrar, que as novas técnicas de diagnóstico e terapia só podem ser desenvolvidas com o trabalho de profissionais de diversas áreas do conhecimento, constituindo equipes multidisciplinares. Ou seja, para ter o setor da saúde de alto nível que tanto desejamos, é preciso formar não só médicos excelentes, mas também investir em pesquisa para que se possa desenvolver novos métodos, que é onde entra o papel do engenheiro biomédico.


27 visualizações

BioTech

CONSULTORIA

CNPJ: 29.118.133/0001-49

Empresa Júnior de Engenharia Biomédica da Universidade Federal de Pernambuco